O que é a kundaliní?

kundalini 1Linda Johnsen entrevista Anandi Ma

- (…) Estou muito interessada nessa energia com a qual vocês estão trabalhando.

A kundaliní é um assunto pelo qual os estudantes ocidentais de Yoga são fascinados, mas acho difícil que alguém realmente compreenda. Eu tenho lido muitos livros sobre isso e, geralmente, fico mais confusa após terminar o livro do que estava antes de começar! Há grande quantidade de seminários sobre essa questão, mas nem sempre fico impressionada com as credenciais dos oradores.
Tenho a ousadia de esperar que finalmente irei receber algum esclarecimento sobre esse assunto difícil de entender. Um amigo meu, que passou a sua juventude reunindo iniciações de vários mestres, afirma que a transmissão shaktipat que recebeu de Anandi Ma foi, de longe, a mais potente e tangível iniciação que já tinha recebido. Se ela realmente é uma mestra dessas energias sutis, talvez Anandi Ma possa explicá-las em termos que eu possa compreender.

anandi

- O que é realmente a kundaliní? – arrisco-me, perguntando-lhe.

Acrescento que, às vezes, as pessoas têm experiências estranhas ou poderosas que acreditam significar que a sua kundaliní se manifestou, mas eu não estou convencida de que isso seja verdade.

Anandi Ma sorri, os seus olhos escuros brilham, mas depois fica muito séria:

- A kundaliní é a parte da alma que surge primeiro e prepara o corpo antes que a alma possa realmente entrar nele. Depois que a criação do corpo físico está completa, ela fica adormecida na base da espinha. Os yogis utilizam essa mesma energia para alcançar novamente a alma e, depois, Deus.

kundalini 2

É descrita como serpentina devido à sua motilidade, a maneira como a energia se move. Baseia-se em três espirais e meia, que têm diversas interpretações diferentes. Por exemplo, diz-se que representam os três aspectos da criação: criação, preservação e destruição; também as três qualidades, sattva, rajas e tamas (pureza, atividade e inércia). Refere-se também aos três estados da consciência em diferentes níveis que conhecemos como estado de vigília, de sono e de sonho.
E, acima de tudo, é sat, chit e ananda, que chamamos de confiança, consciência e alegria. A meia espiral é o estado que todos nós devemos alcançar, conhecido como turiya, totalmente além desse nível comum de consciência.

“A kundaliní é a energia matriz, a adi shakti que, lenta e gradualmente, conduz a pessoa ao objetivo mais elevado. Como parte desse despertar, ela ocasiona, por assim dizer, alguma negatividade como parte do processo de limpeza. É isso que tem causado alguns equívocos, porque as pessoas não sabem como lidar com ela.

kundalini 5
Também há muitas interpretações incorretas, devido às quais as pessoas podem pensar erroneamente que tiveram um despertar da kundaliní. Nós vemos muitas daquelas pessoas. Fica claro como o dia e a noite quando a kundaliní foi despertada ou quando é alguma outra coisa. Na América, infelizmente, há confusão devido à formação cultural, e, muitas vezes, a mente não está disposta a aceitar (a experiência da kundaliní). Nessa cultura, não tomam conhecimento da kundaliní e, por isso, as pessoas acreditam que há algo de errado com elas. Esse é o problema.

“Você deve conhecer os movimentos físicos (involuntários) chamados kriyas, que são possibilitados pela kundaliní e que fazem parte da limpeza. Às vezes, você irá ouvir que há ferimentos e que surgem efeitos emocionais. Freqüentemente, depois que a kundaliní desperta, aparecem coisas como raiva e medo, mas são fenômenos muito efêmeros. É apenas um processo temporário de limpeza; os seus samskáras (tendências e desejos inconscientes) precisam ser liberados, para que a mente fique clara, de modo que a pessoa evolua.

kundalini 31

“Cada indivíduo terá experiências diferentes, porque o passado é diferente de pessoa para pessoa. Apesar de tudo isso, bem no início, em algum lugar, há uma sensação de paz e de felicidade. Se a pessoa conseguir se relacionar com ela e trabalhar para aumentá-la, a felicidade irá se tornar cada vez maior, até que a pessoa atinja o estágio final e, depois, será uma parte permanente do seu ser. Esse estado interior de paz e de felicidade é idêntico para todas as pessoas.

Anandi Ma suspira e depois continua:

- Infelizmente, aqui nos Estados Unidos, há muitas pessoas que fazem seminários e palestras sobre a kundaliní. Na Índia, ninguém se torna um mestre até que os seus mestres lhe peçam para assumir o encargo. Há pouquíssimas pessoas que realmente ensinam. Elas têm anos e anos de práticas e experiências. Então, e só então, irão se aventurar a ensinar. Ensinar é a última coisa que passa pela cabeça. Você precisa ser um especialista em sua área.

anandi ma

Somente ler umas poucas coisas não lhe dá o domínio desse assunto. A pessoa precisa não apenas de anos de prática e de experiência e da concessão do mestre, mas também da concessão da linhagem. Essa é a energia que está sendo gerada há séculos, há milênios, uma acumulação de centenas de milhares de anos de prática. Quando ela é transmitida, isso faz diferença.

“Há séculos já estava escrito nos livros sagrados que, nesta época em especial (Kali Yuga, a Idade ou Era das Trevas), os cegos estariam na liderança e conduzindo pessoas surdas que não querem ouvir de modo algum. Portanto, é uma péssima combinação. De qualquer maneira, é bom que se esteja falando sobre a kundaliní e fazendo referência a ela, mas, às vezes, o conhecimento parcial é prejudicial, porque induz as pessoas à deturpação, causando mais problemas.

kundalini 4

“Não importa o que a pessoa esteja fazendo; se há alguma evolução espiritual, é a kundaliní que está trabalhando no interior da pessoa. Essa é a energia que ajuda você através das diversas experiências necessárias para a evolução individual e que, finalmente, o leva à compreensão, face a face com a realidade.
Em outras palavras, a kundaliní é como os raios do Sol. Se você deseja alcançar o Sol, segue os seus raios até encontrar a sua fonte. Essa é a unidade de Shiva  e Shaktí, surgindo e se unindo na sublime Sadashiva (a realidade definitiva e imperecível).

_________________________

Extraído do livro Filhas da Deusa – As mulheres santas na Índia de hoje, Editora
Nova Era, e digitado por Cristiano Bezerra.

_________________________

mespessa

Conheça o seu Mestre Pessoal

Vivência gravada em áudio pelo Imagick, na voz do Arsenio

Click no mago para saber mais…


COMENTÁRIOS

O que você achou?
Conte-nos suas impressões, opiniões, críticas e sugestões:

Sem comentários.